Avaliação de Ciclo de Vida (ACV)

Os estudos de ACV permitem que a Braskem compreenda cada vez mais o impacto ambiental de seus produtos ao longo do ciclo de vida e, com isso, a relevância de sua contribuição na cadeia produtiva

Você já parou para pensar em todo o processo realizado para que os produtos utilizados no seu dia a dia cheguem a suas mãos? Pode-se afirmar que cada produto tem uma história. Isso quer dizer que muita coisa acontece para que ele seja criado e para que chegue até os consumidores. Ou seja, para saber os impactos ambientais de um produto, não devemos nos concentrar em apenas uma das etapas do seu ciclo de vida, como o processo produtivo, por exemplo. É preciso avaliar toda a sua história, o que inclui extração de matéria-prima, o processo produtivo, o transporte, além dos seus impactos na fase de consumo e destinação final. E é isso o que a ACV faz, ela permite medir e comparar o impacto ambiental de diferentes produtos e serviços que desempenham uma mesma função.

Acesse aqui o vídeo que a Braskem preparou para explicar o que é ACV e entenda mais dessa ferramenta!

A ACV na Braskem

Para avaliar questões de sustentabilidade na cadeia de valor, a Braskem vem utilizando a ferramenta ACV desde 2005, com aproximadamente 22 estudos já realizados com o apoio de consultorias especializadas. A estruturação de uma área específica para conduzir o assunto, em 2011, permitiu apoiar a estratégia de desenvolvimento sustentável em direção a uma atuação responsável e competitiva que ultrapassa o limite das nossas unidades industriais e envolve toda a cadeia produtiva em que estamos inseridos.

São três os focos de nossos estudos:

  • Enfoque operacional: com objetivo de melhorias no processo produtivo;
  • Enfoque estratégico: decisão sobre novos produtos, aplicações e tecnologias;
  • Enfoque comercial: análise de sucedâneos, ou seja, materiais que possam substituir outros, mantendo a mesma função, mas oferecendo novas vantagens.

A Braskem tem o compromisso de contribuir para a evolução da indústria química e petroquímica, buscando a liderança global da química sustentável. Neste cenário, a ACV contribui para indicar o nível de aderência dos projetos, processos e produtos à visão de futuro da empresa. O uso dessa metodologia também agrega valor ao Cliente, promove a imagem do plástico e contribui para que as pessoas comecem a entender o real impacto de cada produto. Ao ampliar seu conhecimento sobre o ciclo de vida dos produtos, a sociedade em geral poderá orientar suas decisões de consumo visando sustentabilidade.

Rede Empresarial Brasileira de ACV

Atuando na cadeia de valor, também se destaca a iniciativa da Braskem na criação da Rede Empresarial Brasileira de ACV, fórum que congrega empresas, por iniciativa voluntária, para discutir o conceito de ACV e disseminar boas práticas na aplicação da ferramenta no ambiente empresarial.

Como participante do ICCA, a Braskem colidera o projeto para elaboração de um guia de estudos de emissões evitadas baseados na metodologia de ACV desenvolvida pela Japan Council Industry Association (JCIA). A Braskem participa do grupo de trabalho de embalagens, como forma de contribuir com o guia a partir de estudo que reflita a realidade brasileira. O estudo está alinhado à construção da imagem do plástico e ao programa de relacionamento com Clientes da Braskem. A Empresa também participa, com o ICCA, da elaboração de planos de desenvolvimento de tecnologias empregadas em edificação que aponta as contribuições da indústria química para redução do consumo de energia e de emissões de GEE.

Para aprimorar a gestão, também foram adquiridas licenças do SimaPro, software amplamente utilizado na elaboração de ACV, o que possibilita mais aproximação à ferramenta, além da modelagem dos estudos já realizados. Em 2012, foram promovidas ações de capacitação em ACV, que levaram conhecimento a 398 pessoas.